domingo, 23 de janeiro de 2011

“ Ah! Se o Mundo inteiro me Pudesse Ouvir ... ”

Nada como um final de semana em família pra amenizar, e recarregar as baterias. Todos os carinhos recebidos... Minha mãe, minha irmã, meu irmão, meu cunhado e a minha princesinha é claro !!! =]
Nossaaaaa, como foi bom! Eu precisava estar longe, olhar de perto a natureza e me encontrar novamente! Parei pra pensar e acho que a cada dia mais estava me perdendo de vista. E sei que muitas vezes as perdas são necessárias para o meu crescimento e é preciso aprender a perder. Então, um dia se perde no outro, ganha. Um dia caimos,e no outro... Juntamos os pedacinhos e começamos tudo outra vez. É a vida é isso!!!
Não sei direito as coisas que quero, mas sei muito bem o que eu não quero. E tem muita coisa que eu não quero mais na minha vida, tem algumas coisas que não me “cabem” mais. Outra questão na qual refleti nesse fim de semana: é como posso conseguir controlar um passado que ainda continua tão presente? É tão difícil. Preciso confessar que meu interior muitas vezes entra num duelo sentimental, entre razão e emoção. Mas descobri também que evitar, e que não admitir e esconder os meus sentimentos não faz com que eles não existam. Porque de qualquer maneira eles ficam aqui do mesmo jeito, e incomodam muito mais.
Então, resolvi que a partir de agora, vou tentar ser mais leve, fazer menos barulho. Quero tudo. Quero ainda os sonhos que não sonhei, as manhãs que ainda não vivi, quero toda a intensidade, e as maiores emoções que estão por vir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário